Programação

* Programação detalhada logo abaixo.

progJD

Local do evento: Auditório do EFI (Espaço Físico Integrado) 
Clique no link para visulizar a localização.

A inscrição é gratuita, aberta a toda a comunidade (não é necessário ser aluno da UFSC para assistir as conferências) e poderá ser feita através deste link: https://bit.ly/2QnYlnV

Somente aos inscritos que participarem em 70% das atividades do Colóquio será concedido o certificado de participação. Não há cobrança de qualquer valor para a emissão do certificado.


PROGRAMAÇÃO

Quarta-feira, 29 de maio
9:30 – “O direito e a punição em Rawls”, Julio Thomé (UFSC)
10h – “Motivação para o agir justo: entre imparcialidade e reciprocidade”, Danilo Caretta (UFSC)
10:30 – “Como as democracias sobrevivem: tentação populista e o desafio da cooperação”, Thor Veras (UFSC)
11h –  INTERVALO (20min)
Mesa 2: Fronteiras e Injustiça Global
11:20 – “A quem devemos justificar um mundo “enfronteirado”? Migração e estabilidade política”, Raissa Wihby Ventura (UNICAMP)
12h – “Lutas de fronteira” como disputas pelo enquadramento institucional”, Diana Piroli (UFSC)
Debate
13h: ALMOÇO
Mesa 3: Esfera Pública e Educação
16h – “Dewey e Teoria Crítica: educação para a democracia”, Franciele Petry (UFSC)
16:40 – “Educação moral e reconhecimento. Durkheim, Honneth e a Universidade”, Luis Gustavo Cunha (UFSC)
18h: INTERVALO (30 min)
Mesa 4: Justiça, Direito e Razão Pública
18:30 – “Liberalismo Político, Religião e o Direito: uma análise do argumento de convergência e da justificativa para não se cumprir a lei”, Julia Moura (UFSC)
19:10 – “Direito, Democracia e Razão Pública”, Bruno Camilloto Arantes (UFOP)
Debate

Quinta-feira, 30 de maio
9:30 – “Ações Afirmativas na Perspectiva da Teoria da Justiça de John Rawls”, Franklin Dutra (UFMG)
10h – “A crítica do capitalismo do Habermas maduro: grandeza e limites”, Ivan Rodrigues (UFSC)
Debate
11h –  INTERVALO (20min)
Mesa 6: Liberdade e justificação política
11:20 – “Por uma justificação política razoável: qual razoabilidade?”, Jorge Sell (IFSC)
12h -”Democracia e Pragmatismo: o valor não-instrumental dos procedimentos democráticos”, Renato Franceschini (UFBA)
Debate
13h: ALMOÇO
Mesa 7: Esfera Pública e Democracia
16h – “A pós-verdade e a questão do realismo : sobre o futuro da filosofia e da democracia”, Leonardo Jorge da Hora Pereira (UFBA)
16:40 – “Da hipocrisia ao cinismo: metamorfose ou crise nas instituições deliberativas da esfera pública?”, Nikolay Steffens (UFRGS)
18h: INTERVALO (30 min)
Mesa 8: O que é crítica? O debate entre Habermas x Foucault
18:30 – “Crítica reconstrutiva e patologias sociais em Habermas”, Luiz Repa (USP)
19:10 – “Crítica e justiça em Foucault”, Carolina Noto (UFSC)
Debate

Sexta-feira, 31 de maio
9h “Justificação e Poder em Rainer Forst”, Thiago Rudian Ferreira (UFSC)
Mesa 9: Justiça e psicologia moral
9:30 – “Psicologia Moral, Pluralismo Razoável e Razão Pública”, Raquel Cipriani (UFSC)
10:00 – “Autoestima e intersubjetividade na Psicologia Moral de Rawls”, Mário Nogueira (UFOP)
10:40 – debate
11h –  INTERVALO (20min)
Mesa 9: Justiça e feminismo
11:20 – “As Contendas Feministas” depois da virada ética de Judith Butler: o fim das falsas antíteses?”, Ingrid Cyfer (Unifesp)
Debate
13h: ALMOÇO
Mesa 10: Liberalismo e Crítica (sala 404 – EFI)
16h – “É possível um liberalismo crítico? A ideia de sociedade democrática em Rawls”, Denilson Werle (UFSC)
16:40 – “Se você é socialista, como pode ter tantos subalternos?”, Lucas Petroni (CEBRAP)
18h: INTERVALO (30 min)
Mesa 11: Justiça e Economia
18:30  – Meritocracia à brasileira, Eduardo de Borba (UFSC)
19:10 – “O resgate da ideia de meritocracia e de igualdade de oportunidade”, Nunzio Alì (USP)
Debate

Realização
Departamento de Filosofia | UFSC
Núcleo de Estudos em Ética e Filosofia Política – Néfipo | UFSC
Apoio:
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior | CAPES – Paep
Núcleo de Audiovisual e de Comunicação do CFH/UFSC – Nuvem

Anúncios